Corsets ou corpetes. (Curiosidade.)

image

Sensualidade a toda prova.

O espartilho foi símbolo da opressão feminina, era tão apertado que causava desmaios e chegava a perfurar os pulmões do considerado sexo frágil. Mas com a evolução dos tempos, a mulher se libertou deixando para traz os anos de fragilidade. O corset de vilão, virou símbolo de feminilidade e hoje compõe looks para lá de sensuais.

Ter uma peça única que modelasse o corpo ao invés de reforçar todas as roupas do closet foi um dos motivos que impulsionaram a criação do corset. Usando a peça por baixo dos vestidos era bem mais prático, além de prolongar a vida útil das roupas usadas por cima – é por isso que até hoje os corsets são associados às lingeries.

Hoje em dia os corsets estão tão disseminados que acabam atendendo a vários públicos e estilos, como quem procura uma peça para o dia a dia, aquelas que querem um look de balada, ou mesmo quem deseja uma silhueta poderosa para um look festa.

Feitos em diversos materiais, como a luxuosa seda ou o popular moletom, os corsets podem facilmente serem combinados com várias roupas. As calças jeans, por exemplo, aceitam corsets acetinados para um visual mais glamuroso, ou então corsets feitos de malha, algodão e outros tecidos mais básicos -minissaias jeans seguem esse mesmo padrão.

Para quem procura um look mais formal, pode apostar no corset por cima de camisas. Na parte de baixo vale investir em calças de alfaiataria, saias lápis e até mesmo saias longas. A sobreposição também vale para um visual mais despojado, como um corset por cima de uma regata combinando com saia ou calça jeans, ou até mesmo um short curto.

Já para um look festa, invista em corsets feitos com materiais nobres, como sedas e rendas, combinando com saias longas também de tecidos sofisticados – aqui vale apostar nas saias envelope ou estilo sereia para um look ainda mais sensual. Alguns vestidos de festa, curtos ou longos, inclusive, já vêm com corsets.

Saúde.

Cinturinha de pilão. Seja no século XVIII ou nos tempos atuais, ter uma cintura fina e sexy continua sendo o sonho de muitas mulheres. Para alcançar este objetivo há quem opte por cirurgias de retirada de costelas, massagens modeladoras, exercício para afinar a cintura, dietas rigorosas e, também, um truque muito antigo: o corset ou tight lacing (laço apertado).

O corset, uma variação do espartilho, é feito em várias camadas, com tecidos resistentes amarrados nas costas e com barbatanas de aço, fibra ou silicone. O uso do corset entre 16 a 24 horas por dia propicia uma pressão sobre a cintura e costelas inferiores e acaba curvando gradualmente as costelas flutuantes que não estão fixas em outras costelas.

Por mais que as mulheres defendam com unhas e dentes esta “ferramenta de beleza”, muitos médicos são contra ao uso dos corsets. A razão são os vários malefícios que esta roupa pode causar à saúde quando usada de maneira errada ou exagerada. Entre estes danos estão: respiração abdominal danificada, redução do volume do estômago que afeta a digestão e a alimentação adequada, deformação da caixa torácica, além da atrofia da musculatura paravertebral e lombar.

Para não errar no uso do corset e nem sofrer com problemas de saúde, é preciso saber usar corretamente esta peça. O corset deve ser feito sob medida e não pode ser muito alto na parte superior, nem muito baixo na parte inferior. No último caso, o uso errado pode levar ao depósito de gordura abdominal na parte livre de pressão e criar a temida barriga.

Ao optar por esta técnica é preciso consultar um médico ortopedista. Afinal, cintura fina todos querem, mas problemas na coluna, entre outros males, não.

Prós do Corset.

Devendo ser feito sob medida para o corpo de cada mulher, o Corset costuma ter entre 10 e 15 cm a menos que a cintura. Com o tempo de uso, o corpo vai se adaptando e se adequando ao tamanho da peça, de forma que a cintura seja consideravelmente reduzida. Ele é confeccionado de forma a comprimir áreas estratégicas do corpo, a partir de materiais que ficam cada vez mais leves e confortáveis.

Contra do Corset.

Por outro lado, médicos afirmam que o uso da peça agride o corpo, comprimindo os órgãos, de forma a poder prejudicar a respiração, provocar a atrofia dos músculos das costas e do abdômen, podendo causar muitas doenças e deformações. Se quiser investir nesta prática, comece devagar e consulte um médico antes de dar início ao uso.

Biografia.

http://www.fashionbubbles.com/destaque/a-feminilidade-e-sensualidade-dos-corsets/

http://www.suadieta.com.br/Materias/1957/saude/corset-para-afinar-a-cintura-pode-causar-danos-a-saude

http://belamina.com/pros-e-contras-do-corset-para-afinar-a-cintura/

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s